O que é MRP e como aplicar na sua empresa?

Com o surgimento de diversos sistemas, programas e aplicações cada vez mais tecnológicos, surge também a necessidade de otimizar processos, a fim de que as atividades sejam mais orgânicas, otimizadas, e o melhor de tudo, dentro do prazo estimado.

E nesse quesito, podemos perceber a devida importância de um MRP! Mesmo que seja uma sigla bastante comum no meio empresarial — especialmente no setor logístico — ainda assim muitos empreendedores e gestores da área possuem dúvidas sobre sua função ou simplesmente desconhecem o seu conceito e benefícios.

Quer saber mais sobre o MRP? Então, continue lendo o nosso artigo e tire todas as suas dúvidas sobre o assunto. Confira!

 

Afinal, o que é um MRP?

Antes de tudo, podemos definir que o MRP, sigla para Material Requirement Planning, ou, em tradução livre, Planejamento de necessidade de materiais, nada mais é do que um sistema que consegue realizar o monitoramento de estoques, bem como suas respectivas demandas.

A ideia, por trás do MRP, é estar sempre buscando prever a disponibilidade de matérias-primas, além de poder criar propostas de compras de maneira totalmente automatizada.

Dessa forma, entendemos que o principal objetivo de um MRP é justamente determinar qual é a quantidade necessária, o material necessário e quando ele se torna necessário para que a demanda seja produzida no prazo desejado, evitando quaisquer excessos e desperdícios de matérias-primas.

No entanto, para que um bom MRP funcione da maneira adequada, ele precisa dispor de alguns dados importantes, como por exemplo:

• Estoque máximo e mínimo (a quantidade de cada componente para que o produto seja produzido);

• Lote mínimo e lote máximo (é a capacidade de estoque);

• Estoque de segurança (são as quantidades extras para eventuais atividades);

• Entre outros processos relacionados.

 

Como aplicar o MRP na sua empresa?

Em geral, a melhor forma de ter acesso a um MRP é, sem dúvida, realizando a contratação de um sistema ERP robusto. Desse modo, ele vai garantir os cálculos dos materiais, realizar previsões, e, não menos importante, fazer a gestão de diversas outras áreas que a sua empresa possui.

Entretanto, para negócios pequenos ou que ainda não conhecem as inúmeras vantagens e benefícios de um sistema ERP, podem dispor de outras ferramentas já existentes — e bastante conhecidas.

Uma delas são as famosas planilhas do Excel, especificamente para gerar a tabulação de relatórios e dados para fazer a gestão de compras e prioridades.

Além disso, você também pode dispor do Google Agenda para realizar o controle de dados. Trata-se de uma ferramenta disponibilizada pelo Google, e é bastante eficiente nesse quesito!

Gostou deste artigo? Conforme vimos, um MRP é de suma importância para as empresas, uma vez que ele se certifica de que a marca tenha os insumos necessários para prover a sua oferta ao público, e o melhor de tudo, sem o perigo da escassez.

Portanto, agora que você tirou todas as suas dúvidas sobre essa ferramenta, que tal ficar por dentro das novidades? Assine agora mesmo a nossa newsletter e receba conteúdos exclusivos em seu e-mail.

Postagem Relacionada

Você no controle do seu negócio
Telefone

11 2087-2852

E-mail

Horário de atendimento: segunda à sexta-feira, das 8:30h ás 12h e 13h ás 17:30h

Av. Salgado Filho, 252, Centro
Guarulhos-SP
Guarulhos Office Tower, sala 1809
CEP. 07115-000

Copyright © 2022. TRS Sistemas – Política de privacidade

Paste your AdWords Remarketing code here